Você está aqui: Página Inicial Campi Centro Cursos Pós-Graduação Educação Ambiental Disciplinas e Ementas

Disciplinas e Ementas

IF Fluminense campus Campos-Centro

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL

EIXO 1: MEIO AMBIENTE (MEIO FÍSICO-NATURAL)

  • Dinâmica dos Ecossistemas Regionais

Carga Horária: 60 h
Professor Responsável: Ricardo Pacheco Terra
Ementa: Formação geológica do planeta; as eras geológicas; noções de biogeografia; grandes biomas; ecossistemas latino-americanos, com ênfase na Mata Atlântica, restingas, manguezais, e costões rochosos; níveis de organização dos componentes ambientais; componentes abióticos e bióticos dos ecossistemas; dependência entre espécies; fatores limitantes do meio; fluxo de energia nos ecossistemas; ciclos biogeoquímicos; dinâmica de populações; conceito de poluição e principais impactos antropogênicos; noções de ecologia química; conservação e uso sustentável dos recursos naturais.
Bibliografia Básica:
DAJOZ, Roger. Ecologia Geral. Petrópolis, RJ: Vozes, ano
MARGALEF, R. Teoria dos Sistemas. Cidade,UF: Universidade de Barcelona, ano
TOWNSEND, C.R.; HAPPER, J.L.; BEGON, M. Essentials of Ecology.  Cidade,UF: Blackwell Sciense, 2000.

 

  • Áreas protegidas

Carga Horária: 60 h

Professor Responsável: Dalila Mello

Ementa: Conceituação: áreas protegidas, unidades de conservação, áreas de preservação permanente, reserva legal, terras indígenas e territórios quilombolas. O contexto histórico nacional e internacional dos marcos legais brasileiros de proteção ambiental: Código das Águas, Código Florestal, Política Nacional do Meio Ambiente, Resoluções do Conselho Nacional de Meio Ambiente, Constituição Federal de 1988, Lei das Águas, Lei de Crimes Ambientais, Sistema Nacional de Unidades de Conservação, Plano Nacional de Áreas Protegidas e Política Nacional dos Povos e Comunidades Tradicionais. Políticas públicas, instrumentos de gestão e de avaliação sócio-ambientais das áreas protegidas.

Bibliografia Básica:

BENJAMIN, Antônio Herman. (Coord.)  Direito Ambiental das Áreas Protegidas: o Regime jurídico das Unidades de Conservação.Rio de Janeiro: Forense Universitária –Rio de Janeiro, 2001. 547p.

IRVING, Marta de Azevedo (Coord.) Áreas Protegidas e Inclusão Social: construindo novos significados.Rio de Janeiro: Fundação Bio-Rio: Núcleo de Produção Editorial Aquarius, 2006, 226p.

FERREIRA, Iara Vasco (Ed.) - Gestão Participativa do SNUC – Programa Nacional de Áreas- Protegidas – Secretaria de Biodiversidade e Florestas – Ministério do Meio Ambiente /WWF-Brasil/FUNBIO/IIEB/TNC. Brasília/DF,2004.205p.

MILANO: Miguel Serediuk (coord.) Unidades de Conservação: atualidades e tendências. Curitiba: Fundação O Boticário de Proteção à Natureza, 2002. 224p.

SISTEMA NACIONAL DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO –SNUC. Lei nº 9985, de 18 de julho de 2000; decreto nº4340, de 22 de agosto de 2002. Brasília: MMA, 2004.56p.

 

  • Gestão de recursos híbridos

Carga Horária: 30 h

Professor Responsável: Vicente de Oliveira

Ementa: Disponibilidade de água no mundo e no Brasil. O Ciclo hidrológico. Qualidade da água. Conservação da água e do solo. Águas subterrâneas. Controle de cheias. Drenagem urbana. Gerenciamento de recursos hídricos. Geopolítica da Água.

Bibliografia Básica:

TUCCI, C.E.M. Hidrologia: ciência e aplicação. 2.ed. Porto Alegre: Editora da Universidade: ABRH, 1997.

COSTA, F. J. L. da. Estratégias de gerenciamento de recursos hídricos no Brasil: áreas de cooperação com o Banco Mundial. 1ª edição, 204p. – Brasília, 2003.

FONSECA, S. P. P. Anais – cursos pré-encontro. II encontro de preservação de mananciais da Zona da Mata Mineira. 583p. Viçosa, MG: ABES/MG; UFV, DEA; ABAS/MG, Centro de Referência Sudeste. 2002.


EIXO 2: MEIO AMBIENTE (MEIO SOCIAL)

  • História do Pensamento Ambiental

Carga Horária: 30h

Professor Responsável: Hélio Gomes Filho

Ementa: O agrodesenvolvimento ambiental fisiocrata. A modernidade da revolução industrial à acumulação flexível. O conservacionismo. O despertar da consciência ambiental planetária. O crescimento zero. Ecologismo e preservacionismo. O desenvolvimento sustentável. A justiça ambiental.

Bibliografia Básica:

ACSELRAD, Henri (org.). A Duração das Cidades: sustentabilidade e riscos nas políticas urbanas. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.

BRÜSEKE, Franz Josef. O problema do desenvolvimento sustentável, p. 29 – 40. In: CAVALCANTI, Clóvis (org.). Desenvolvimento e natureza: estudos para uma sociedade sustentável. 3 ed. São Paulo: Cortez. Recife: Fundação Joaquim Nabuco, 2001. 

CAPRA, Fritjof. A alfabetização ecológica: o desafio para a educação do século 21, p. 18 – 33. In: TRIGUEIRO, André (org). Meio Ambiente no Século 21: 21 especialistas falam da questão ambiental nas suas áreas de conhecimento. Rio de Janeiro, Sextante, 2003.

CASTELLS, Manuel (1999), O Poder da Identidade. A era da informação: economia, sociedade e cultura, Paz e Terra, São Paulo, 1999. 

CONY; Lúcia F. "A questão ambiental urbana: perspectivas de análise" In: Anais do VI Encontro Nacional da ANPUR.

DIAS, Genebaldo Freire, Educação Ambiental: princípios e prática. 3 ed. São Paulo: Gaia, 1994.

GOMES FILHO, Hélio (2003), A experiência de plano estratégico no Município de Campos dos Goytacazes: um cabra marcado para morrer. Dissertação (Mestrado em Planejamento regional e Gestão da Cidade) – Universidade Candido Mendes – Campos, RJ.

LAGO, Antônio e PADUA, José Augusto. O que é Ecologia. Coleção Primeiros Passos, São Paulo, Brasiliense, 1984.

LEROY, Jean Pierre et al. Tudo ao Mesmo Tempo Agora: desenvolvimento, sustentabilidade e democracia: o que isso tem a ver com você? Ilustrações Claudius. Petrópolis: Vozes, 2002.

VIOLA, Eduardo. A problemática ambiental no Brasil (1971-1991) da proteção ambiental ao desenvolvimento sustentável. In: GRIMBERG, Elisabeth (org). Ambiente Urbano e Qualidade de vida. São Paulo, POLIS,1991.

  • Legislação ambiental

Carga Horária: 30 h

Professores Responsávis: Elza Serra / Luiz Emílio

Ementa: Grandes marcos da legislação ambiental brasileira: Código Florestal; Política Nacional de Meio Ambiente; Constituição de 1988, Cap. V; Lei das Águas; Lei da Educação Ambiental; Lei dos Crimes Ambientais; Lei do SNUC.

Bibliografia Básica:

ACSELRAD, Henri. Ecologia Direito do Cidadão. Rio de Janeiro: Gráfica JB, 1993.

ALMEIDA, Josimar Ribeiro de.; Panno, Márcia; Oliveira, Simone. Perícia Ambiental. Rio de Janeiro:Thex Editora, 2000.

ANTUNES, Paulo Bessa. Direito Ambiental. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 1999.

ANTUNES, Paulo Bessa. Ação Civil Pública, Meio Ambiente e Terras Indígenas. Rio de Janeiro: Editora Lumen Juris. 1998.

AZEVEDO, Tupinambá Pinto de. Pessoa Jurídica: ação penal e processo na lei ambiental. São Paulo: Editora revista dos Tribunais, Revista de Direito Administrativo, 1998.

BARBOSA, Rui. A Tutela do Meio Ambiente. Dano Ambiental: prevenção, reparação e repressão. São Paulo: Editora revista dos Tribunais, 1993.

BENJAMIN, Antônio Herman. Introdução ao Direito Ambiental Brasileiro. Revista de Direito Ambiental. São Paulo: Editora revista dos Tribunais, 1999.

BINDER, Walter. Rios e Córregos, Preservar – Conservar – Renaturalizar. Rio de Janeiro: Semad, 1998.

Brasil, Código Civil Brasileiro. , Lei No 10.046, de 10 de janeiro de 2002. 3a Edição. São Paulo: Editora revista dos Tribunais, p 2002.

Brasil. Constituição da República Federativa do Brasil, Coletânea de Legislação de Direito Ambiental, São Paulo: Editora revista dos Tribunais, 2007.

Costa JR, Paulo José da. Direito penal Ecológico. Rio de Janeiro: Forense, 1992.

Fernandes, Jeferson Nogueira. Legislação Ambiental de Campos dos Goytacazes. Campos dos Goytacazes: Ed. Faculdade de Direito de Campos, 2006.

FIORILO, Celso Antônio Pacheco. Curso de Direito ambiental Brasileiro. São Paulo: Saraiva, 2000.

FRANCO, Paulo Sérgio de Moura. A Tutela do Meio Ambiente e a Responsabilidade Civil Ambiental. Disponível em http//www.jusnavigandi.com.br Acesso em 16/03/2004.

FREITAS, Vladimir e Gilberto Passos de. Crimes contra a Natureza. Curitiba: Editora revista dos Tribunais, 1997.

GOMES, Sebastião Valdir. Novas Questões de Direito Ambiental: Revista de Direito Ambiental. São Paulo: Revista dos Tribunais,1997.

GRANZIEIRA, Maria Luisa Machado. Direito de Águas; Disciplina Jurídica das Águas Doces. São Paulo: Atlas, 2003.

HASSEMER, Winfried. A Preservação do Ambiente Através do Direito penal. São Paulo: IBCCRIM, 1998.

KIST, Ataídes. Responsabilidade penal da Pessoa Jurídica. São Paulo: Direito, 1999.

KIST, José Dário; SILVA, Maurício Fernandes da. A Responsabilidade Penal da Pessoa Jurídica na Lei no 9.605/98. Disponível em http//pgr.mpf.gov.br, Acesso em 16/03/2004.

LECY, Cláudio.  Crimes Contra a Natureza. Curitiba: Editora revista dos Tribunais,1998.

MACHADO, Paulo Afonso Leme. Da Poluição e outros Crimes Ambientais na Lei 9.506/98. Revista de Direito Ambiental, São Paulo: Editora revista dos Tribunais,1999.

MILARE, Edis. A Nova Tutela Penal do Ambiente. Revista de Direito Ambiental, São Paulo; Editora revista dos Tribunais, 1999.

MUSETTI, Rodrigo Andreotti. Da Proteção Jurídico Ambiental dos Recursos Hídricos. São Paulo: Editora de Direito Ltda. 2001.

NORONHA, E.Magalhães. Direito Penal. São Paulo: Saraiva,1997.

PRADO, Luiz Regis. Crime Ambiental: Responsabilidade Penal da pessoa Jurídica? São Paulo: Boletim IBCCRIM, Edição Especial, 1998.

REALE JUNIOR, Miguel. A Lei Hedionda dos Crimes Ambientais. Folha de São Paulo, 1998.

RIBAS, Lídia Maria Lopes Rodrigues. Responsabilidade Penal da Pessoa Jurídica.  Revista de Direito Ambiental, São Paulo: Editora revista dos Tribunais, 2002.

SAMPAIO, Francisco José Marques. O Dano Ambiental e a Responsabilidade da Pessoa Jurídica. Revista de Direito Ambiental. São Paulo: Editora revista dos Tribunais, 1998.

SANCTIS, Fausto Martin de. Responsabilidade Penal da Pessoa Jurídica. São Paulo: Saraiva, 1999.

SANTOS, Maria Celeste Cordeiro. Crimes Contra o Meio Ambiente. São Paulo: Juarez de Oliveira, 2002.

SÉRIE SEMAD – Secretaria de Estado de meio ambiente e desenvolvimento Sustentável: 1-Regulamentação de Recursos Hídricos; 2- Rios e Córregos; 3-Rios Fluminenses; 10- Ambiente das Águas; 11- Revitalização de Rios, 13 -Mata Ciliar. Rio de Janeiro: SEMAD/GTZ – Cooperação Técnica Brasil-Alemanha, 2001.

SHECAIRA, Sérgio Salomão. Responsabilidade Penal da Pessoa Jurídica de Acordo com a Lei 9.605/98. Revista de Direito Ambiental. São Paulo: Editora revista dos Tribunais, 2000.

SILVA, Fernando Quadros da. Responsabilidade Penal da Pessoa Jurídica: a Lei 9.605/98, de 13/02/1998 e os Princípios Constitucionais Penais. Revista de Direito Ambiental. São Paulo: Editora revista dos Tribunais, 2000.

SILVA, José Afonso da. Direito ambiental Constitucional. São Paulo: Malheiros Editores, Ltda. 2002.

SILVA. Vicente Gomes da. Legislação Ambiental Comentada. Belo Horizonte: Fórum, 2002.

SILVA, Rodrigo Alves. A Responsabilidade por Danos ao Meio Ambiente. Disponível em http//www.jusnavigandi.com.br.  Acesso em 16/03/2004.

SIRVINSKAS, Luis Paulo. Tutela Penal do Meio Ambiente: Breves Considerações Atinentes à Lei 9.0695/98, de 12 de fevereiro de 1998. São Paulo: Saraiva, 1998.

TIDEMANNN, Klaus. Responsabilidade Penal das Pessoas Jurídicas e Empresas no Direito Comparado. Revista Brasileira de Ciências Criminais. São Paulo: Editora revista dos Tribunais, 1995

  • Desenvolvimento regional e sustentabilidade

Carga Horária: 30 h

Professor Responsável: Rodrigo Serra

Ementa: Desenvolvimento e meio ambiente. Conflitos sociais. Introdução às políticas ambientais. As políticas de recursos hídricos no Brasil. Concepções de gestão. A gestão do patrimônio natural. Gestão de recursos hídricos. (Re)organização social e arranjos territoriais para gestão. Processos Educativos e gestão ambiental. Experiências de gestão por bacias hidrográficas. Estudo de caso.

Bibliografia Básica:
SACHS, Ignay. Caminhos para o Desenvolvimento Sustentável. Rio de Janeiro: Garamond, 2 ed, 2002. 95 p.

SIQUEIRA, Antenora MM e MENDONÇA, Gilberto. Programas regionais de gestão ambiental e sustentabilidade da agricultura familiar. Anais do V Simpósio Latino Americano sobre investigação em sistemas agropecuários – IESA e V Encontro da Sociedade Brasileira de Sistemas de Produção, 2002, Florianópolis: Epagri, 2002.

STROH, Paula Yone. As ciências sociais na interdisciplinaridade do planejamento ambiental para o desenvolvimento sustentável. In Cavalcanti, Clóvis (org), Desenvolvimento e Natureza: estudos para uma sociedade sustentável. São Paulo: Cortez; Recife, Fundação Joaquim Nabuco, 2003.

 

  • Controle e licenciamento ambiental

Carga Horária: 30 h

Professor Responsável: Maria Inês Paes Ferreira

Ementa: Políticas e instrumentos de controle ambiental; o SISNAMA: estrutura, funcionamento e propostas de fortalecimento;

Licenciamento Ambiental: aspectos gerais; legislação pertinente; estudos de caso: análise de EIA/RIMAs de empreendimentos em fase de licenciamento; controle de impactos e remediação de danos ambientais.

Bibliografia Básica:

CUNHA, Sandra Batista; GUERRA, Antonio José Teixeira (orgs.). Avaliação e Perícia Ambiental. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2005. 294p.

FINK, Daniel Roberto; ALONSO Jr., Hamilton; DAWALIBI, Marcelo. Aspectos Jurídicos do Licenciamento Ambiental. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2004. 253p.

 

  • Gestão ambiental da cidade

Carga Horária: 30 h

Professor Responsável: Hélio Gomes Filho

Ementa: A modernidade, a industrialização e o surgimento das cidades contemporâneas. A industrialização, o crescimento demográfico e a urbanização do planeta. Os problemas ambientais provenientes deste modelo de civilização. O uso, a ocupação desordenada do solo e a margem de regulação existente. O ar, as águas e os resíduos produzidos no ambiente urbano: como está, como deveria ser e o que fazer para evitar, mitigar e/ou compensar impactos antrópicos.

Bibliografia Básica:

BRITO, Celene et al. Educação e Gestão Ambiental. Rio de Janeiro: ABES, 2000. 89 p.

CARVALHO, Pompeu Figueiredo de & BRAGA, Roberto. Perspectivas de Gestão Ambiental em Cidades Médias. Rio de Janeiro: ABES, 2001. 138 p.

FUNANSA. Manual de saneamento, 3a ed. – Brasília: Ministério da Saúde: Fundação Nacional de Saúde, 1999. 374 p: il.

GOMES, Margarida M. M. T. e Cordeiro, Martha E. V. M. A urbanização do Parque Santo Amaro. Mimeo.

GOMES FILHO, Hélio. Relatório da visita feita à Estação de Tratamento de Água (ETA) da CEDAE na cidade de Campos, RJ, no dia 14 de dezembro de 1993. Mimeo.

GOMES FILHO, Hélio. A Experiência de Plano Estratégico de Cidade no Município de Campos dos Goytacazes – a governabilidade num cenário de busca da democracia participativa. VIII Seminário Internacional da Rede Ibero Americana de Investigadores sobre Globalização e Território - Grupo 3 – Instituições, descentralização e participação na gestão regional e local. 31 p.

GOMES FILHO, Hélio. Propostas de Saneamento Ambiental para a Segunda Conferência Muncipal de Campos dos Goytacazes. In: Pessanha, Roberto Moraes (org.). Campos dos Goytacazes “Uma Cidade para Todos” – análises e resoluções da 1a. Conferência Municipal em 2003 – subsídios para a 2a. conferência em 2005. Campos, RJ: Cefet Campos, 2005 – 150 p. il.: 22cm. p. 90 – 101.

MACEDO, Mariano de Matos. Dinâmica Demográfica, Condições Sociais e Competitividade. In: Costa, Carlos Aníbal Nogueira e Arruda, Carlos Alberto (orgs.). Em Busca do Futuro: competitividade no Brasil. Rio de Janeiro: Campus, 1999. p. 43 – 83.

OLIVEIRA, Selene de & PASQUAL, Antenor. Gestão dos resíduos sólidos urbanos na microrregião serra de Botucatu - caracterização física dos resíduos sólidos domésticos de Botucatu/SP. Botucatu: SP, UNESP. 11 p.

PHILIPPI Jr., Arlindo. Saneamento, Saúde e Meio Ambiente: fundamentos para um desenvolvimento sustentável. São Paulo: Manole, 2004. 850 p.

SANTOS, Carlos Nelson F. dos. A cidade como um jogo de cartas. Niterói, Universidade Federal Fluminense, EDUFF. São Paulo, Projeto Editores, 1988. 192 p: il.

SIRKIS, Alfredo. Ecologia Urbana e Poder Local. Rio de Janeiro, Fundação Onda Azul, 1999. 320 p.

SIRKIS, Alfredo. O desafio Ecológico das Cidades. p. 214 – 229. In: TRIGUEIRO, André (org). Meio Ambiente no Século 21: 21 especialistas falam da questão ambiental nas suas áreas de conhecimento. Rio de Janeiro, Sextante, 2003. 367 p: il.

 

EIXO 3: EDUCAÇÃO AMBIENTAL

  • Fundamentos da Educação

Carga Horária: 10 h

Professor Responsável: Ana Lucia Mussi de Carvalho Campinho

Ementa: A ética de ser/estar no mundo: o trabalho e o cuidado. Leitura do ideário pedagógico brasileiro: (i) da Colônia à República e (ii) a partir do Brasil  República.  A crise dos paradigmas da sociedade moderna e suas conseqüências ambientais. Construção da cidadania planetária: possibilidades de intervenção social.

Bibliografia Básica:

ARRIGHI, G. A ilusão do desenvolvimento. Petrópolis: Vozes, 1998.

ARRIGHI, G. O longo século XX. Contraponto; São Paulo:UNESP, 1996.

BOFF, Leonardo. Saber cuidar. São Paulo, SP: Vozes, 1999.

LIMA, Júlio César França; NEVES, Lúcia Maria Wanderley (Orgs). Fundamentos da Educação Escolar do Brasil Contemporâneo. Rio de Janeiro: FIOCRUZ, 2006.

HOBSBAWM, Eric. A era dos extremos. O breve século XX 1914-1991. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

SEVERINO, A. J. Filosofia da Educação: construindo a cidadania. São Paulo: Cortez, 1994.

 

  • Educação para gestão ambiental

Carga Horária: 20 h

Professores Responsáveis: Ricardo Terra

Ementa: Metodologias de educação para gestão ambiental participativa; a pesquisa-ação como prática social

Bibliografia Básica:

DIAS, G. F. Atividades interdisciplinares em EA. São Paulo: Ed. Global,1994.

DIAS, G. F. Educação Ambiental: princípios e práticas. 2. ed. São Paulo: Gaia, 1993. 400 p.

Júnior, Arlindo Phillipi e Pelicone e Maria Cecília Focesi (editores) Educação Ambiental: desenvolvimento de cursos e projetos – São Paulo: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Núcleo de Informações em Saúde Ambiental: Signus Editora, 2000.   

LOUREIRO, C.F.B. (Org.) et al. Sociedade e meio ambiente: educação ambiental em debate. São Paulo: Cortez, 2000. 183p.

Medina, Naná Mininni. Educação Ambiental: uma metodologia participativa de formação. Petrópolis; RJ; Vozes, 1999.

QUINTAS, José da Silva (org.) Pensando e praticando a educação na gestão do meio ambiente. Brasília: IBAMA, 2000. 161 p. (Coleção Ambiente. Série estudos Educação Ambiental)

SANTOS, José Eduardo; SATO, Michèle. A contribuição da Educação Ambiental à esperança de Pandora. São Carlos: Rima, 2001. 595 p.

 

  • Educação ambiental em uma perspectiva transversal

Carga Horária: 30 h

Professor Responsável: Marlúcia Cereja de Alencar

Ementa: A educação como obra humana decorrente da comunicação: (i) a prática social enquanto contexto da ação educativa e (ii) ação educativa intencional e sistemática e os espaços institucionais. Educação Ambiental como área do conhecimento teórico, científico-metodológico e aplicado às ciências educacionais e ambientais. Concepções curriculares e suas implicações na implementação de ações de Educação Ambiental. O contexto institucional e a dimensão ambiental-espaço onde também se articulam natureza, técnica e cultura: (i) comunicação educativa e a relação dialógica, (ii) concepção não-disciplinar do conhecimento/questão da transversalidade, (iii) A interação entre o pensar e o agir como metodologia de planejamento no processo de construção de Projetos de Educação Ambiental. A Educação Ambiental no Brasil em relação ao ensino e a pesquisa: experiências e perspectivas.

Bibliografia Básica:

ALVES, Nilda e GARCIA, Regina Leite (Orgs.). O sentido da escola.  Rio de Janeiro, RJ: DP&A, 1999.

BOFF, Leonardo. Saber cuidar. São Paulo, SP: Vozes, 1999.

BOFF, Leonardo. Ética da vida. Brasília, DF: Letra Viva, 1999a .

BOURDIEU, Pierre. Contrafogos: táticas para enfrentar a invasão neoliberal. Rio de Janeiro, RJ: Jorge Zahar Editor, 1998.

CARVALHO, Edgar e outros. (Org.). Ética solidariedade e complexidade. São Paulo: Palas Athenas, 1998.

CASCIO, Fábio. Educação ambiental: princípio, história, formação de professores. São Paulo, SP: Senac, 1999.

CASTORIADIS, Cornelius; COHN-BENDIT, D. Da ecologia à autonomia. São Paulo, SP: Brasiliense, 1991.

DIAS, Genebaldo Freire. Educação Ambiental: princípios e práticas. 9. ed. São Paulo, SP: Gaia, 2004.

FREIRE, Paulo. Extensão ou comunicação?. Rio de Janeiro/RJ: Paz e Terra, 1981.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo, SP: Paz e Terra, 1997.

GADOTTI, Moacir. Cidadania planetária: pontos para reflexão. São Paulo, SP: Instituto Paulo Freire, 1998 (Cadernos da Carta da Terra).

GRÜN, Mauro. Ética e educação ambiental: a conexão necessária. São Paulo, SP: Papirus, 1996.

LEIS, Hector. Ecologia e política Mundial. Petrópolis, RJ: Vozes, 1991.

LUCKE, Heloisa. Metodologia de projetos: uma ferramenta de planejamento e gestão. Rio de Janeiro: Petrópolis, 2003.

MORIN, Edgar. Os sete saberes necessários à educação do futuro. São Paulo: Cortez, Brasília, DF: UNESCO, 2000.

MORIN, Edgar. Ciência com consciência. São Paulo, SP: Bertrand Brasil, 1996.

REIGOTA. Marcos. O que é educação ambiental. São Paulo,SP: Brasiliense (Coleção Primeiros Passos), 2004.

SANTOS, Milton. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. Rio de Janeiro, RJ: Record, 2000.

SEABRA, Odete; CARVALHO, Mônica; LEITE, José Corrêa. Território e sociedade: entrevista com Milton Santos. São Paulo, SP: Fundação Perseu Abramo, 2000.

SEGURA, Denise de Souza Baena. Educação ambiental na escola pública: da curiosidade ingênua à consciência crítica. São Paulo, SP: Annablume: Fapesp, 2001.

SERRES, Michel. O contato natural. Rio de Janeiro, RJ: Nova Fronteira, 1980.

 

  • Metodologia de pesquisa científica e elaboração de projeto

Carga Horária: 20 h

Professor Responsável: Luiz Cláudio Abreu

Ementa: Gênese e desenvolvimento do conhecimento científico. As técnicas de estudo para o conhecimento como forma de compreensão e transformação da realidade. Os métodos, as técnicas e as estratégias de planejamento para o processo de produção do conhecimento científico; Escolha e delimitação do tema da monografia. Levantamento da bibliografia. Esboço do trabalho monográfico. Leitura e análise crítica da bibliografia. Organização do texto: parte pré-textual; textual e pós-textual.

Bibliografia Básica:

LAKATOS, Eva Maria & MARCONI, Marina de Andrade. Metodologia do Trabalho Científico. _ 3ª ed. _  São Paulo: Atlas, 2000.

MARCONDES, Danilo. Iniciação a História da Filosofia. Dos Pré-Socráticos a Wittgenstein. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editora, 1997.

SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do Trabalho Cientifico. _ 21ª ed. rev. e ampl. _  São Paulo: Cortez, 2000.

 

  • Seminário de elaboração de projeto de conclusão de curso

Carga Horária: 10 h

Professora Responsável: Roberta Ramalho

Ementa: Elaboração e apresentação do Projeto Monográfico.

Bibliografia Básica:

ABREU, Estela dos Santos; TEIXEIRA, José Carlos Abreu. Apresentação de Trabalhos Monográficos de Conclusão de Curso. 6. ed. rev. amp. Niterói: EdUFF, 2003. 86p

ALENCAR, Marlúcia Cereja de Alencar; ASSEFF, Vera Raimunda Amério. Construindo o Trabalho Monográfico.  Campos dos Goytacazes, 2002. Sn.

CASTRO, Cláudio de Moura. Estrutura e apresentação de publicações científicas. São Paulo: Mc Graw-Hill do Brasil, 1976. 70 p.

 

 

Ações do documento